quinta-feira, 29 de março de 2012

Detesto pessoas sem educação. Que gritam esbaforidamente ao telefone. E abusam das palavras "eu sou advogada!" como se isso fosse algo de transcendente. Que ameaçam e zombam sobre os outros. E no final de contas, não conseguem nada. E não o conseguem porque dessa forma não alcançam nada. E é ao lidar com outro género de pessoas, calmas, correctas, educadas e sem prepotência alguma, que temos a percepção do quão infrutuosas vivem essas almas.

C, *

Sem comentários:

Publicar um comentário