segunda-feira, 9 de abril de 2012

Contigo


“Vou viajar contigo essa noite (…)
Quero sentir o vento das esquinas
Circulando a calma do meu íntimo
Entre a poeira das palavras
Subir na tua voz em espiral (…)
Eu, astronauta lírico em terra
Indo a teu lado, leve, pensativo”


C, *

Sem comentários:

Publicar um comentário